Notícias Automotivas

Exclusivo: veja as primeiras fotos do VW Taigun

Auto Esporte - Notícias - qua, 09/09/2015 - 11:58
VW Taigun será primeiro utilitário esportivo compacto da marca O segredo acabou. Minutos antes do início da primeiras coletivas de imprensa no Salão do Automóvel, Autoesporte flagrou com exclusividade as primeiras imagens do novo SUV Taigun. Trata-se de uma estreia mundial, que será apresentada pelo CEO do grupo Volkswagen, o alemão Martin Winterkorn. O modelo foi confirmado na noite do último domingo (21), pelo próprio executivo e também pelo o chefe de desenvolvimento e membro do conselho do grupo VW, Ulrich Hackenberg.

"O mercado brasileiro é muito importante para o grupo, por isso decidimos fazer um lançamento. É um conceito feito sobre a plataforma New Small Family", informou Hackemberg em entrevista. A base citada é do compacto up!, hatch que também está na mostra em forma de conceito e deverá ganhar o mercado brasileiro após 2014. Ambos os modelos já havia sido confirmados por Autoesporte na manhã da última quarta-feira.

VW não confirma, mas Taigun eve ser produzido no Brasil depois de 2014 Assim como o pequeno up!, o utilitário esportivo Taigun também deverá ser produzido no Brasil, bem como em outros mercados emergentes, foco do novo produto da montadora alemã. Países como a China também estão na lista da VW. Além da estreia mundial, a montadora também preparou outras apresentações para o Salão do Automóvel de São Paulo. O novo Gol duas portas, a nova geração do Fusca e também uma versão híbrida do Jetta poderão ser vistas de perto pelos visitantes da mostra.

Linhas retas do pequeno utilitário são inspiradas no conceito Cross Coupe, que também estará no Salão

Taigun: VW confirma novo SUV pequeno

Auto Esporte - Notícias - qua, 09/09/2015 - 11:58
Novo utilitário esportivo pequeno será baseado no compacto up!, feito sobre a plataforma NSF

A Volkswagen confirmou que apresentará um novo utilitário esportivo pequeno no Salão do Automóvel de São Paulo. Segundo o CEO mundial do Grupo VW, Martin Winterkorn, confirmou com exclusividade a Autoesporte, o modelo se chamará Taigun e será apresentado no estande da marca nesta segunda-feira (22). O projeto aparecerá na forma de carro conceito (versão prévia a de produção), mas chegará às ruas para o disputado segmento brasileiro nos próximos anos.

Autoesporte já havia revelado o lançamento do novo SUV esta semana, em furo mundial. "O mercado brasileiro é muito importante, decidimos fazer um lançamento. Trata-se de um conceito feito sobre a plataforma New Small Family", afirmou o chefe de desenvolvimento e membro do conselho do grupo VW, Ulrich Hackenberg, em entrevistra exclusiva.

O novo crossover terá linhas inspiradas em outro conceito, o Cross Coupe, revelado no Salão de Tóquio do ano passado.

Design do novo compacto deverá tirar inspirações do conceito Cross Coupé

A declaração foi feita durante o VW Media Night, evento global da marca alemã que teve sua primeira edição realizada hoje (21) no Brasil, em São Paulo. A noite serviu também para a apresentação da versão duas portas do Gol, que chega às lojas em novembro com preços a partir de R$ 26.690.

(colaboraram Carina Mazarotto e Alberto Cataldi)

CEO global da VW, Martin Winterkorn, ao lado do presidente da marca no Brasil, Thomas Schmall

VW apresenta Gol duas portas antes do Salão

Auto Esporte - Notícias - qua, 09/09/2015 - 11:58
Volkswagen Gol 2 portas

A Volkswagen do Brasil revelou na noite deste domingo (21), véspera da abertura do Salão do Automóvel de São Paulo, a aguardada versão duas portas do hatch Gol, que estréia na mostra paulistana -- entre os dias 24 de outubro e 4 de novembro. As vendas começam em novembro, com preços a partir de R$ 26.690.

Junto com o campeão de vendas nacional, a montadora também exibiu todo o "poder de fogo" do grupo alemão, formado por Audi, Bentley, Bugatti, Ducati (motos), Lamborghini, Man, Scania, Seat, Skoda, Porsche e a própria Volkswagen. Cada uma das montadoras teve um executivo para apresentar as novidades reservadas ao Brasil, confirmando a valorização em importância do país no âmbito internacional. O evento contou com a presença do CEO mundial do grupo, Martin Winterkorn.

Taigun: VW confirma novo SUV pequeno. Lançamento será no Salão de SP

 

Mais de cem jornalistas de todo mundo estiveram presentes no Volkswagen Night Group, evento tradicionalmente realizado antes da abertura do salão paulistano para antecipar as novidades reservadas para a mostra. Além do Gol duas portas, marcaram presença o Lamborghini Gallardo reestilizado (superesportivo que acabou de estrear em Paris), o Porsche 911 Carrera 4S, nova versão com tração integral, o Bugatti Veyron Grand Sport Vitesse, um Audi S8, a (já confirmada) picape-conceito Amarok Canion , e o Bentley Continental GT V8 -- este não irá ao Pavilhão de Exposições do Anhembi, depois que a Bentley cancelou sua participação de ultima hora.

Chevrolet já apresenta rival: Onix chega em novembro por R$ 29.990. Clique e saiba mais

Antes do evento da noite, a Volkswagen realizou um workshop com os jornalistas estrangeiros, para mostrar detalhadamente a evolução do mercado brasileiro de veículos ao longo da ultima década. O ex-presidente do banco central, Henrique Meirelles, falou por cerca de 40 minutos, mostrando que, dos anos 2000 para cá, a industria automobilística deu um verdadeiro salto, conquistado com o aumento da classe média brasileira. No evento, a montadora confirmou o investimento de 3,4 bilhões de Euros entre 2011 e 2016, valor que contempla a produção de um novo compacto popular -- provavelmente o hatch pequeno up!, modelo aguardado para o Salão de Paulo e que, por enquanto, segue sem confirmação, em clima de suspense.

Bugatti Veyron Grand Sport Vitesse

Novos modelos

"Ainda não podemos confirmar. O Gol é o produto mais importante da Volkswagen no Brasil, mas sabemos que com ele não cobrimos o segmento mais barato do mercado. Portanto, é claro que precisamos de um novo modelo de base para seguir crescendo. Assim que as novas plataformas forem implementadas no Brasil, poderemos fazer nossas apostas" esquivou-se o presidente da filial brasileira da fabricante, Thomas Schmall. Durante sua palestra no workshop, Schmall falou em um modelo do segmento A00 (zero zero), que seria abaixo do Gol G5 (A0). Esse nicho, disse o executivo, vai dobrar de tamanho até 2021.

O novo hatch compacto -- que deve ser o up! ou sua versão simplificada para o leste europeu, o Skoda Citigo -- deve ser produzido em Taubaté (SP), mesma fabrica que produz atualmente o Gol e o Voyage. A unidade, aliás, acaba de receber um investimento de 157 milhões de Euros, aplicados em uma novíssima linha de pintura tão moderna e sofisticada quanto as das fabricas alemãs da Volkswagen, com 70 robôs, duas linhas independentes, e economias de 20% no consumo de água, e de 30% nos gastos de energia. Thomas Schmall também confirmou que a revolucionaria plataforma MQB também virá ao Brasil, o que não significa que outros modelos da montadora, como a sétima geração do Golf, tenham produção nacional -- o hatch médio deve vir do México.

Ducati no Brasil

A marca também reserva para a abertura do Salão do Automóvel para a imprensa, amanhã (21), o anúncio do início da produção de motos da marca Ducati em Manaus (AM). O primeiro modelo a ser fabricado oficialmente no país será o Diavel, segundo afirmou o CEO da empresa, Gabriele del Torchio.

(Colaboraram Alberto Cataldi, Marcus Vinícius Gasques e Ricardo Sant'Anna)

Ducati Diavel será fabricada no Brasil

Chevrolet Onix chega em novembro a partir de R$ 29.990

Auto Esporte - Notícias - qua, 09/09/2015 - 11:58
  A General Motors deu início neste domingo (21) a uma ofensiva que promete mudar o panorama do segmento de compactos populares no Brasil. No começo de novembro, chega às revendas o Chevrolet Onix, novo hatch pequeno que substitui o Corsa e promete sacudir o nicho mais competitivo do país – onde brigam dezenas de modelos, entre eles Gol, Palio, Fox, Sandero, Fiesta, Agile, March, J3 e os (também) novatos Hyundai HB20 e Toyota Etios.

O Onix estreia em três versões (LS, LT e LTZ), com preço inicial de R$ 29.990 e lista de série impactante desde a configuração básica, com direção hidráulica, ajustes de altura para banco do motorista e volante, airbags frontais e ABS com EBD. Trata-se do primeiro compacto nacional a sair de fábrica 100% equipado com os dois itens de segurança que serão obrigatórios em todos os veículos a partir de 2014.

CONFIRA ABAIXO AS VERSÕES, PREÇOS E EQUIPAMENTOS!
  Plataforma global, motores revitalizados

Mais que a lista inicial de equipamentos, o Onix vem para ser o campeão de vendas da Chevrolet no Brasil. Logo de cara, a GM projeta média mensal de 12.000 emplacamentos, volume maior que o mantido pelo Celta, best-seller da montadora em 2012. E para atingir a meta, o novo hatch compacto vem munido de todos os lados. A plataforma é a GSV (Global Small Vehicle), estrutura planetária para pequenos e já usada pelo trio Cobalt, Sonic e Spin.

Na mecânica, o Onix promove a estreia de novos motores 1.0 e 1.4 litro, ambos atualizações dos conhecidos 1.0 VHC-E (Celta e Prisma) e 1.4 Econo.Flex (Agile e Cobalt). Os dois têm oito válvulas, são flex, passam a ser designados pela sigla SPE/4 (de Smart Performance Economy 4 Cylinders) e, embora não revolucionem, foram amplamente aprimorados – 80% dos componentes são novos. Com a reforma, a GM diz que estão 6% mais econômicos.

1.0 8V SPE/4 flex
Potência: 78/80 cv (gasolina/etanol) a 6.400 rpm
Torque: 9,5/9,8 kgfm a 5.200 rpm

1.4 8V SPE/4 flex
Potência
: 98/106 cv a 6.000 rpm
Torque: 12,9/13,9 kgfm a 4.800 rpm

    Conecta comigo?

O prometido pioneirismo do Onix vai além do que oferecem os badalados Etios e HB20 – e toda a turma de compactos nacionais. Já a partir da versão LT 1.0 flex (R$ 32.890), o novo hatch é equipado com o sistema multimídia My Link, que inclui uma moderna tela de LCD de sete polegadas no painel. O visor (inédito na categoria) é sensível ao toque, tem operação extremamente simples, é adaptado ao português brasileiro e permite aos ocupantes levar seus "mundos particulares" armazenados diariamente em smartphones, pen drives e afins.

Na tela da central My Link é possível ver fotos e vídeos, ouvir podcasts e rádios de mundo inteiro, navegar por GPS e fazer ligações, tudo sem precisar do celular. Há conexão Bluetooth e entradas auxiliar e USB. O recurso também permite configurar sistemas do carro, como o travamento automático das portas e o Follow Me Home, sistema que mantém os faróis e lanternas acesos após travar as portas, para iluminar o caminho por alguns segundos.

  Uma centena de possibilidades

O arremate do Onix é a personalização em nível ainda não visto entre modelos populares. A GM disponibilizará mais de 100 acessórios para seu novo compacto, que poderá combinar a cor da carroceria com o acabamento do interior, repetindo cores em detalhes dos bancos (tecido ou couro), dos tapetes, da manopla do câmbio e do volante. Também haverá molduras para o painel e adesivos decorativos para a carroceria. De início, haverá três kits: "Joy", com apelo jovem, "Race" e "24 Hours", que remete às 24 Horas de Le Mans.

Entre os itens de estilo, o cliente poderá escolher máscaras negras, lanternas com base escurecida (fumê) e até uma lente azulada "Ice Blue", disponível apenas na versão top LTZ, equipada com o motor 1.4. Esta custa R$ 41.990, preço máximo provisório, já que a partir de março de 2013 o Onix receberá a transmissão automática de seis marchas já disponível no Sonic, no médio Cruze (hatch e sedã) e na minivan Spin. Será o primeiro carro do segmento a oferecer um câmbio automático multimarchas.

  Design global, garantia atraente

Maior cartada da GM do Brasil nesse processo efusivo de renovação, mas o Onix ainda vai inovar o nicho em mais dois aspectos. Um é a garantia de três anos, algo raro entre os modelos do segmento. Outro ponto interessante é o baixo custo de reparabilidade. Segundo o ranking do CESVI Brasil, o Onix chega como o modelo com menor índice de reparabilidade do Brasil. Isso significa que, em uma eventual colisão, os gastos tendem a ser menores.

O último "trunfo" do Onix é o design atualizado com os Chevrolet vendidos pelo mundo. Traços orgânicos se misturam à habitual geometria dos modelos da marca, com vários vincos pela carroceria. O Onix pode não ser uma obra de arte, mas seu visual é indiscutivelmente moderno e, por dentro surpreende, com painel "dual cockpit", de formas simétricas, materiais agradáveis e bancos com inédito formato anatômico. Resta agora saber se a recepção dos brasileiros será tão calorosa quanto foi com o revolucionário Corsinha, em 1994.

PREÇOS E VERSÕES



Chevrolet Onix

Versão Preços Itens de série Opcional LS 1.0 R$ 29.990 Airbag duplo frontal, freios ABS com EBD, ar quente, desembaçador e limpador do vidro traseiro, rodas de aço aro 14 com calotas, banco do motorista e volante com ajuste de altura, direção hidráulica, painel em duas cores (preto e cinza)   LT 1.0 R$ 31.690 itens da versão LS + protetor de cárter, maçanetas externas e carcaça dos retrovisores na cor do veículo, antena, travas elétricas das portas e do porta-malas, vidros dianteiros elétricos, alarme, chave canivete. My Link (R$ 1.200), ar-condicionado (R$ 2.100) LT 1.4 R$ 35.290 itens da versão 1.0 LT + rodas de aço aro 15 com calotas, faróis com máscara negra, lanternas escurecidas e adesivo preto da coluna central. My Link (R$ 1.200), ar-condicionado (R$ 2.000) LTZ 1.4 R$ 41.990 itens da versão 1.0 LT + rodas de liga leve aro 15, ar-condicionado, My Link, faróis de neblina, espelhos retrovisores elétricos, computador de bordo  
Curta Autoesporte no Facebook!

3 apps para tunar seu carro (virtual)

Auto Esporte - Notícias - qua, 09/09/2015 - 11:58

Car Builder
Fabricante: Ocean Red, LLC
Sistema: Android e iOS

Car Buider é bom pra quem quer tunar o carro, mas ainda não tem “tempo”. Escolha o modelo, as rodas, o aerofólio, o escapamento, a cor do modelo e faça o teste drive.

Instant Supercar
Fabricante: Ocean Red, LLC
Sistema: iOS

Se você não tem mais de um milhão de reais pra comprar uma Lamborghini Gallardo e ouvir o ronco do superesportivo, você deve gostar do Instant Supercar. Para usar o app, basta comprá-lo por US$ 1.99 e ligar o iPhone ao sistema de som. Instant Supercar identifica a aceleração e velocidade do carro e sobrepõe ao barulho do escapamento por um ronco de verdade. O som sai direto do alto-falante.

Custom Car
Fabricante: Appartisan Limited
Sistema: Android e iOS

Custom Car é um aplicativo galeria. Por US$ 0.99, conheça carros tunados ao redor do mundo. Você também pode postar fotos e informações do seu carro reestilizado. O app é quase uma rede social de carros modificados.

Salão SP: Chery confirma Tiggo reestilizado e conceito TX

Auto Esporte - Notícias - qua, 09/09/2015 - 11:58
Tiggo foi o primeiro modelo da Chery à venda no Brasil; mudanças estética se concentram na dianteira A Chery confirmou nesta sexta-feira (19) mais dois veículos que estarão na 27ª edição do Salão do Automóvel de São Paulo, que abre na próxima semana. Depois do compactoCeler, as novidades são o Tiggo reestilizado, e o conceito TX, que antecipa como deve ser a nova geração do próprio utilitário esportivo compacto – cujo lançamento está previsto para 2014.

O protótipo TX foi apresentado ao público no Salão do Automóvel de Pequim, em abril deste ano, e usa mecânica moderna: motor 2.0 turbo a gasolina de 195 cv e 19,3 kgfm de torque, e câmbio CVT (continuamente variável). A Chery afirma que as linhas do projeto já fazem parte do estilo que a marca deverá adotar no futuro.

O crossover compacto TX faz bom uso das proporções de um utilitário esportivo e das linhas de um esportivo Já o renovado Tiggo chega às concessionárias no primeiro semestre de 2013. O utilitário compacto sofreu alterações em seu design para ficar alinhado ao gosto do consumidor brasileiro e ganhar competitividade com Renault Duster e a nova geração do Ford EcoSport. Para o salão, também é esperada uma versão elétrica do S-18, que utiliza bateria de íon de lítio com autonomia de 120 km. Para carregá-la completamente, são necessárias de seis a oito horas. Com o motor elétrico, o S18 atinge a velocidade de 120 km/h.



Curta Autoesporte no Facebook!

Chevrolet Agile estreia novo câmbio Easytronic

Auto Esporte - Notícias - qua, 09/09/2015 - 11:58
Agile estreia 2ª geração do câmbio Easytronic, que se comporta mais próximo de um câmbio automático A General Motors anunciou nesta sexta-feira (19) uma nova versão do hatch Agile equipada com a nova geração do câmbio automatizado Easytronic. O modelo, que atingiu em outubro a marca de 200 mil unidades vendidas no Brasil, será um dos destaques do estande da marca no Salão do Automóvel de São Paulo, na próxima semana. As vendas começam já do início de novembro.

De acordo com a GM, a nova transmissão Easytronic – fornecida pela Magneti Marelli e agora acompanhada do sufixo Gen II (de segunda geração) – funciona quase como uma transmissão automática, tracionando o veículo assim que o pedal do freio é liberado. Trata-se da mesma evolução do câmbio Dualogic, da Fiat – a nova função inclusive é chamada pelo mesmo nome, "creeping" ("rastejante" em inglês).

A nova configuração com câmbio robotizado é baseada na versão top LTZ 1.4 flex, equipada com uma lista de equipamentos respeitável. Entre os itens figuram direção hidráulica, ar-condicionado, sensor de luminosidade, computador de bordo, controle de cruzeiro, faróis de neblina, som premium com rádio/CD, Bluetooth e entradas auxiliar e USB, entre outros. O preço ainda não foi divulgado – o anúncio deve ser feito no Salão de São Paulo.



Curta Autoesporte no Facebook!

Autoesporte lança especial do Salão do Automóvel

Auto Esporte - Notícias - qua, 09/09/2015 - 11:58
Está aberta a contagem regressiva para o Salão do Automóvel de São Paulo, que ficará aberto ao público de 24 de outubro a 04 de novembro. A cinco dias da abertura do evento para o público, Autoesporte lança uma edição especial que reúne informações sobre 35 marcas, 250 imagens, mapa do Anhembi e todos os serviços que podem facilitar a vida dos visitantes nos dias da mostra. Para cada modelo há galerias de fotos e informações sobre as principais características.

O especial traz os lançamentos, esportivos, protótipos e as estreias nacionais e mundiais do evento. Destacam-se a presença da Acura, subsidiária da Honda, e da SRT, divisão de especialização da Dodge, os superesportivos da Aston Martin, Jaguar, Lexus, Maserati e Porsche, além dos populares Chevrolet Onix, Honda HB20 e Toyota Etios. A navegação é simples e pode ser feita por marcas.

Para baixar a edição em seu iPad, basta procurar por Autoesporte na Apple Store ou clicar neste link. Já para os donos de tablets com sistema Android, o caminho é a Android Market.

Eis a primeira foto oficial do Chevrolet Onix

Auto Esporte - Notícias - qua, 09/09/2015 - 11:58
Onix chega às revendas no início de novembro para suceder o Corsa; hatch será produzido em Gravataí (RS) Acabou o mistério! Esta é a primeira imagem oficial do Chevrolet Onix, novo hatch compacto que chega às lojas no início de novembro, para suceder o Corsa. O modelo – primeiro da marca a ter o mesmo nome do projeto – é a maior aposta da General Motors para deixar de vez a imagem defasada que marcou a montadora na última década no Brasil. Com preço inicial próximo dos R$ 30 mil, o Onix vai brigar diretamente com Volkswagen Gol, Fiat Palio, Nissan March e uma turma cada vez maior de hatchs pequenos – que também terá, em novembro, as estreias de Hyundai HB20 e Toyota Etios.

No próximo domingo (21), a GM do Brasil revelará todos os detalhes do novo hatch popular, que será lançado oficialmente no Salão do Automóvel de São Paulo, entre os dias 24 de outubro e 4 de novembro. A estreia do Onix ganhou tamanha importância que o evento terá a presença do chefão mundial da montadora, Dan Akerson. Por enquanto, já estão confirmados novos motores 1.0 e 1.4 litro, o inédito sistema multimídia MyLink, que promete revolucionar a conectividade entre os populares nacionais com uma tela sensível ao toque no painel, e o câmbio automático de seis marchas – também pioneiro na categoria.

Curta Autoesporte no Facebook!

Fábrica da BMW será em Araquari, Santa Catarina

Auto Esporte - Notícias - qua, 09/09/2015 - 11:58
BMW Série 1 é um dos modelos cotados para ganhar produção nacional

Chegam ao fim as incertezas e especulações sobre a fábrica da BMW. Esqueça de vez o México. A unidade será construída no Brasil. Mais especificamente na região de Araquari, cidade que fica nos arredores de Joinville (SC). O anúncio oficial será na próxima segunda-feira (22/10) em Brasília, em audiência que reunirá a presidenta Dilma Rousseff, o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, a ministra da Secretaria de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, o governador do estado de Santa Catarina, Raimundo Colombo, e a diretoria da montadora. Na terça-feira haverá a confirmação no Salão do Automóvel de São Paulo, durante a coletiva de imprensa da montadora, marcada para 15h35.

A expectativa é de que as obras tenham início no próximo ano, para que as primeiras unidades deixem a linha de montagem a parir de 2015. A BMW do Brasil não informa que modelo será produzido aqui. Mas diz que a opção, provavelmente, será por um de seus produtos de entrada. A disputa estaria, então, entre o Série 1, o X1 e o Série 3. Os modelos são vendidos nas lojas a partir de R$ 104.950 (116i), R$ 119.950 (X1 18i) e R$ 134.950 (320i), respectivamente.

Vendas em alta

Nos últimos dois anos, a BMW aumentou sua participação no mercado nacional. Em 2010, somou 8.534 unidades emplacadas, de acordo com os números da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). No ano seguinte, saltou pra 12.047. Até a primeira quinzena de outubro deste ano, os emplacamentos alcançaram 6.619 modelos. Vale lembrar que as vendas de 2012 devem ser menores porque a empresa, assim como as demais importadoras, foi afetada pelo "Super IPI", que aumentou em 30 pontos percentuais o tributo sobre modelos trazidos de fora do país. A construção da fábrica aqui chegou a ser ameaçada, justamente, pela imposição dessa sobretaxa e pela alta no preço do dólar.

Durango vem desafiar SW4 e novas Blazer e Santa Fe

Auto Esporte - Notícias - qua, 09/09/2015 - 11:58
Grandalhão Durango usa o moderno motor 3.6 V6 Pentastar, do grupo Chrysler, capaz de gerar fortes 286 cv Às vésperas da abertura do Salão de São Paulo, a Dodge confirmou seu principal lançamento para a mostra paulistana: o utilitário grandalhão Durango. Fabricado nos Estados Unidos, o modelo desembarcará como o topo de linha da marca do cabrito montês no Brasil. A briga por aqui será acirrada, em um segmento que ganhará corpo justamente a partir da próxima semana, quando abrirem os portões do Pavilhão de Exposições do Anhembi. Além do líder Toyota Hilux SW4, importado da Argentina, serão reveladas na feira as novas geração do Chevrolet Blazer e do Hyundai Santa Fe – dupla que deve chamar bastante atenção nos próximos meses. O nicho ainda conta com outros adversários, como Jeep Grand Cherokee (da marca "irmã" do grupo Chrysler) e Mitsubishi Pajero Full.

No Brasil, o Durango será oferecido nas versões Crew e Citadel, ambas equipadas com o mesmo conjunto mecânico: o moderno motor 3.6 V6 Pentastar de 286 cv de potência – compartilhado por vários modelos do grupo Chrysler – e um câmbio automático de cinco marchas. Todas as unidades virão também dotadas de tração integral permanente (4X4) e suspensão independente nas quatro rodas. As listas de séries são bastante completas e luxuosas, com itens como ar-condicionado de três zonas, bancos com ajustes elétricos, ventilação e aquecimento, câmera de ré e sistema multimídia MyGIG, com visor de LCD de 6,5 polegadas no painel e disco rígido de 30 gigabytes. Os preços serão revelados na apresentação do modelo, no Salão de São Paulo.



Curta Autoesporte no Facebook!

Ford Ka atinge 850 mil unidades produzidas

Auto Esporte - Notícias - qua, 09/09/2015 - 11:58
Foram quase 5000 unidades emplacadas só em setembro, com 27% de participação nas vendas do segmento

A Ford comemora a respeitável marca de 850 mil unidades produzidas do Ka no Brasil. Os veículos fabricados no país abastecem o mercado nacional e os vizinhos sul-americanos. A marca atribui o alto número de vendas e, principalmente, o posicionamento de mercado, com base na boa relação custo-benefício, como responsáveis pelo volume atingido – com preço inicial de R$ 21.240, o "Kazinho" é o carro mais barato do Brasil na atualidade.

O hatch de entrada da Ford é oferecido hoje na versão 1.0 Rocam, com 73/68 cv (etanol/gasolina), alerta de manutenção programada por tempo ou quilometragem, conta-giros, relógio digital, desligamento automático dos faróis e lanternas, apoios de cabeça dianteiros e traseiros com regulagem de altura, banco traseiro com encosto rebatível, tomada de força 12 V, antena no teto e vidros verdes escurecidos de série.

De acordo com os números oficiais da Ford, o compacto teve 4.945 unidades emplacadas e 27% de participação nas vendas do segmento de carros de entrada em setembro, sendo o líder entre os hatches de duas portas.

Autocast #27: destaques da semana de 19/10/2012

Auto Esporte - Notícias - qua, 09/09/2015 - 11:58
 

Download em MP3: basta clicar com o botão direito do mouse, e em seguida, na opção "Salvar destino como...".

Assinatura via iTunes: é só clicar e seguir as instruções.

Assinatura via RSS: cadastre o endereço no player de sua preferência

Soundcloud: você pode ouvir os programas mais recentes no nosso perfil da rede social

O Autocast também conta com transmissão ao vivo das gravações via Hangout do Google+. Para participar, é só aparecer às quintas-feiras, às 17h, em www.google.com/+autoesporte

Confira aqui o arquivo dos nossos podcasts

Versões de Novo Uno e Strada ganham ABS e airbags

Auto Esporte - Notícias - qua, 09/09/2015 - 11:58

A Fiat anunciou nesta sexta-feira (5) que a picape Strada Working 1.4 Cabine Dupla e as versões Way 1.0 e Economy 1.4 do Novo Uno passam a ter airbags frontais e sistema ABS com EBD de série. Na Strada, a montadora italiana também instalou travas e vidros elétricos. Vale lembrar: a partir de janeiro de 2014, todos os veículos serão obrigados a sair de fábrica com ABS e airbags.

Confira abaixo os preços dos modelos:

Novo Uno Way 1.0 flex 4P – R$ 27.890
Novo Uno Economy 1.4 flex 2P – R$ 27.460
Novo Uno Economy 1.4 flex 4P – R$ 29.180
Strada Working 1.4 flex Cabina Dupla – R$ 39.940



Curta Autoesporte no Facebook!

Rolls-Royce inaugura showroom em São Paulo

Auto Esporte - Notícias - qua, 09/09/2015 - 11:58
 

A montadora que é sinônimo de luxo e exclusividade automotiva chega oficialmente ao Brasil. A Rolls-Royce inaugurou nesta quinta-feira (18) um espaço de 500 m² na av. Cidade Jardim, em São Paulo - o primeiro showroom da marca na América Latina.

O modelo de entrada no mercado brasileiro é o Ghost, com motor V12 biturbo de 563 cavalos, que está disponível no showroom para pronta entrega. O primeiro veículo da marca vendido no Brasil foi noticiado pela Autoesporte em maio deste ano. O sortudo ganhou de seu filho um mimo de R$ 2,3 milhões. O cliente brasileiro também terá a disposição o Ghost versão estendida e quatro modelos do Phantom (sedã, coupé, conversível e versão estendida). A entrega e o preço dependem da configuração exclusiva de cada carro.

 

O CEO da montadora, Torsten Müller-Ötvös, confirmou o interesse em aumentar a presença da marca em países emergentes. Ontem Ricardo Strumz, diretor financeiro da Associação Brasileira das Empresas Importadoras de Veículos Automotores (Abeiva), afirmou, em entrevista coletiva à imprensa, que as marcas Ferrari, Maserati e Lamborghini não estarão no Salão do Automóvel de São Paulo porque o mercado de luxo sofre com baixas e desinteresse no Brasil. A marca espera vender entre oito e 12 carros por ano. Será que conseguem?

BMW X6 e Série 6 ganham séries especiais

Auto Esporte - Notícias - qua, 09/09/2015 - 11:58
As edições especiais são limitadas; o X6 ganhará 100 unidades, enquanto o Série 6 terá 55

A BMW anunciou quatro lançamentos que prometem dar um diferencial em relação aos concorrentes no mercado de luxo. São edições especiais do crossover X6 e do sedã Série 6. A primeira terá apenas 100 unidades produzidas, enquanto a segunda será ainda mais restrita, com 55 exemplares. A ideia da marca é comercializar os carros no mercado norte-americano apenas.

O X6 ganhará duas versões, xDrive35i e xDrive50i, ambas equipadas com o pacote de performance M, que incluir melhorias para o motor e o desempenho do carro. A versão mais simples teve um acréscimo de 15 cv (de 304 para 319 cv) e 4,15 kgfm de torque, alcançando 45,6 kgfm. Enquanto a 50i ganhou 41 cv de potência (passou de 405 para 446 cv) e os mesmos 4,15 kgfm de torque, mas agora chega a 66,3 kgfm.

Detalhes em laranja espalhados pelo banco, piso e painel dão o ar despojado que as versões mais esportivas precisavam

Além dos upgrades sob o capô, as novas versões do X6 vem com rodas de 20 polegadas, escapamentos cromados e pintura exclusiva perolada. Por dentro, o crossover conta com bancos esportivos com acabamento em couro e Alcântara, além de detalhes em laranja espalhados pelo banco, piso e painel. Além dos opcionais "tradicionais", o X6 contará com kits especiais de aquecimento para dias frios e rádio via satélite. A versão 50i terá lanternas de LED e sistema de som Premium. Os preços sugeridos são de US$ 81.695 (cerca de R$ 166 mil) para o xDrive35i e US$ 92.895 (R$ 189 mil), para o xDrive50i.

O sedã Série 6 também ganhou duas versões, mas nenhuma delas teve modificação no motor. Os diferenciais são o design e os itens esportivos, presentes no pacote M Sport. O mais básico é o 650i Coupe, que sai por US$ 99.295 (R$ 202 mil), e o top de linha é o AWD 650i xDrive Coupe, que custa US$ 102.695 (R$ 209 mil). A pintura exclusiva é prateada, com tinta especial chamada Frozen Silver. Além disso, estão inclusos aerofólios, rodas de 20 polegadas, volante esportivo especial da série M e pastilhas de freio, escapamentos e molduras dos espelhos na cor preta. Outros atrativos são a conectividade com smartphones e a tela de controle do computador de bordo da BMW.

A versão top de linha do Série 6 é o AWD 650i xDrive Coupe, que custa US$ 102.695 (R$ 209 mil)

Lamborghini revela Gallardo LP570-4 Super Trofeo

Auto Esporte - Notícias - qua, 09/09/2015 - 11:58

A Lamborghini anunciou a versão racer do superesportivo Gallardo LP570-4 Super Trofeo. Poucas informações foram divulgadas sobre o modelo, mas especula-se que o carro mantenha o mesmo motor V10 de 570 cv do esportivo de rua. O chassi é baseado no modelo anterior.

Entre as novidades está a adaptação do carro, que ganhou uma asa traseira, arcos de roda e novo design. Segundo a montadora, com o upgrade, o veículo melhorou 120% a eficiência aerodinâmica se comparado com o Gallardo 2012. Os dutos do freio também foram remodelados, o que melhorou a refrigeração e, por consequência, a eficiência. Para melhorar o equilíbrio, o carro possui downforce de 128 kg em baixa velocidade e 160 kg em alta velocidade.


Os populares do Salão do Automóvel

Auto Esporte - Notícias - qua, 09/09/2015 - 11:58
Luxo? Esportividade? Nada disso: aqui a ideia é falar sobre os carros reais do Salão do Automóvel. Aqueles que você poderá comprar com o seu suado salário e que serão mais facilmente vistos em nossas ruas. Falamos dos populares que chamam tanta atenção quanto os superesportivos. Só que, ao invés de termos como design, potência e refinamento técnico, a discussão recai sobre outros aspectos, como custo-benefício, economia de combustível e espaço interno.

Confira abaixo as principais presenças dessa categoria no evento. Vale ressaltar que, para essa lista, consideramos os modelos que mudaram recentemente e as novidades que chegarão ao nosso mercado logo após (ou durante) o Salão do Automóvel.

Volkswagen Gol O líder da turma e carro a ser batido no mercado brasileiro mudou de cara recentemente. Ganhou os traços do restante da família Volkswagen e um novo motor 1.0 de sobrenome TEC (sigla para Tecnologia para Economia de Combustível).

Além do novo visual, o carro ganhou alguns equipamentos como vidros dianteiros elétricos, banco do motorista com regulagem de altura, novas palhetas de para-brisa e abertura elétrica do porta-malas.

Hyundai HB20 Se a disputa do mercado de carros populares fosse, na verdade, um campeonato como o UFC, o HB20 seria o desafiante com melhores predicados para desbancar o campeão VW Gol. Primeira aposta da Hyundai no Brasil para o segmento, ele tem boas chances de, no mínimo, incomodar o Volkswagen.

Design, desempenho e uma boa lista de equipamentos são os atrativos do carro desde a sua versão básica. Movida por um motor 1.0 de três cilindros e 80 cavalos, ela tem airbag duplo, direção hidráulica, ar-condicionado, computador de bordo e banco do motorista com ajuste de altura entre outro itens de série.

Chevrolet Onix Envolto em mistério, o novo compacto da Chevrolet tem a missão de substituir o Corsa. Dará as caras, definitivamente, às vésperas do Salão do Automóvel, quando um evento para jornalistas (inclusive de fora do Brasil) revelará o carro em todos os seus detalhes.

O que se sabe até o momento é que o carro terá motores 1.0 e 1.4 e visual que segue a atual identidade da Chevrolet, porém com traços mais próximos dos vistos no Cruze do que aqueles do Cobalt. Entre os equipamentos, destacam-se a central multimídia MyLink e o câmbio de seis marchas nas versões automáticas. O carro será produzido na fábrica de Gravataí, no Rio Grande do Sul.

Chery Celer Mais robusto que o QQ, o Chery Celer faz aparece pela primeira vez no Brasil durante o Salão do Automóvel. O visual do carro é obra do estúdio italiano Torino Design, uma pista de que o carro quer se adaptar ao gosto ocidental.

O motor do modelo será um 1.5 flex e, como é de praxe nos carros chineses, a lista de equipamento de série é farta. Entram na conta airbag duplo, freios ABS, direção hidráulica, vidros e travas elétricos, sistema de som e ar-condicionado. E, tudo isso, com uma garantia de três anos.

Toyota Etios O primeiro carro popular da Toyota no Brasil é presença garantida no estande da marca. Alvo de críticas por questões como design e acabamento, o Etios parte para o primeiro corpo-a-corpo com o público brasileiro se apoiando na imagem de qualidade que a Toyota tem país.

São duas versões principais do carro. Uma movida por um motor 1.3 e outra por um 1.5. Enquanto o primeiro rende 90 cavalos de potência, o segundo produz 96,5 cv. Além da versão hatch, o compacto também tem uma carroceria sedã.

JAC J2

A marcha chinesa de maior sucesso no país mostra o subcompacto J2 pela primeira vez no Brasil durante o Salão. Cotado para ser vendido em uma faixa de preço entre R$ 33 e 35 mil, em versão única sem opcionais, ele é definido pela marca como um carro “de imagem”.

A mecânica será a mesma do JAC J3, um motor 1.4 a gasolina de 108 cavalos de potência. A semelhança com o irmão maior também se dá na lista de equipamentos. Ar-condicionado, direção assistida, freios ABS, airbag duplo e garantia de seis anos.

JAC J3 JAC J3 Sport terá como base o J3 "convencional", como o da foto

O “super” J3 também segue os passos do irmão menor e debuta no Salão. Mais do que uma versão mais potente do compacto, com visual condizente com os 127 cavalos de potência e 197 km/h de velocidade máxima, ele também é o primeiro carro da marca a ter motor flex, no caso um 1,5 litro.

Cotado para ser vendido em uma faixa de preço entre R$ 39 e 41 mil, ele também tem lista de equipamentos completa e, assim como a versão “civil” do J3, seis anos de garantia.

Clique aqui para conferir o mapa e outras informações do Salão de SP

Salão do Automóvel de São Paulo

Data: de 24 de outubro a 04 de novembro
Horário: 24 de outubro, das 14h às 22h; 25 de outubro a 3 de novembro, das 13h às 22h; 4 de novembro, das 11h às 19h
Ingressos: R$ 40 para o primeiro dia, R$ 50 para os dias de semana e R$ 70 para os finais de semana e feriado de 2 de novembro. Disponívesis em www.salaodoautomovel.com.br 
Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi - Av. Olavo Fontoura, 1.209 - Santana - São Paulo (SP)

Volvo anuncia fim do C30

Auto Esporte - Notícias - qua, 09/09/2015 - 11:58
Lançado no Brasil em abril de 2007, C30 logo se tornou o Volvo mais vendido do país, com seu visual arrojado A Volvo confirmou essa semana que encerrará, em dezembro, a produção do hatch médio C30, um dos carros mais marcantes em design da história da montadora sueca. Lançado em 2007 na Europa, o C30 chegou às lojas brasileiras em abril do mesmo ano, e fez bastante sucesso, tornando-se rapidamente o modelo mais vendido da Volvo no mercado nacional. Suas linhas arrojadas, especialmente na traseira, casaram perfeitamente com a proposta do carro: um hatch-cupê de porte médio e luxuoso, com preço competitivo, na faixa dos R$ 90 mil.

No caso específico do Brasil, o C30 chegou em excelente hora. No fim de 2006, a Audi anunciou o encerramento da produção do A3 nacional, produzido na fábrica da Volkswagen em São José dos Pinhais (PR), sobre a mesma plataforma do (ainda em linha) Golf IV. E com o fim do hatch da marca das argolas, o Volvo encontrou poucos rivais diretos, entre eles BMW Série 1 e Golf GTI – versão mais agressiva do hatch médio da Volks. Em 2010, o C30 recebeu uma reestilização, para acompanhar as mudanças na linguagem visual dos carros da fábrica sueca.

Na época, o C30 não sofreu alterações mecânicas e a versão "de entrada" ficou ainda mais competitiva: com câmbio manual e motor 2.0 a gasolina de 145 cv (o mesmo de Ford Focus e EcoSport), o hatch desembarcou da Bélgica – onde é produzido – por R$ 79.900. Por R$ 110.000, havia a opção T5 (das fotos), equipada com transmissão automática de cinco marchas e o animado motor 2.5 turbo de cinco cilindros e capaz de gerar fortes 230 cv.

Com fim anunciado, o C30 não terá sucessor direto no menu da Volvo. O novíssimo V40, hatch de quatro portas com ares de perua, será a opção de base da montadora. O inédito hatch de luxo, aliás, será a principal atração da fábrica sueca no Salão do Automóvel de São Paulo, entre os dias 24 de outubro e 4 de novembro. Suas vendas no Brasil começam em breve, mas a briga será bem mais acirrada que na época do C30, contra as novas gerações de A3 e Série 1 e do Mercedes-Benz Classe A, que virou hatch.

Aceleramos o Volvo V40, que chega no Salão do Automóvel


V40 é o sucessor natural do C3, mas tem proposta diferente, com quatro portas em vez de duas e ares de perua Curta Autoesporte no Facebook!

Hyundai Veloster Turbo ganha nova versão tunada

Auto Esporte - Notícias - qua, 09/09/2015 - 11:58
Hyundai Veloster Street Concept poderia ser atração do SEMA Show

Nesse momento, todas as atenções já estão voltadas para o Salão do Automóvel de São Paulo. Mas antes dele, terá início a mostra de Sydney, na Austrália, que começa amanhã. É de lá que vem esse Veloster Street Concept, desenvolvido em conjunto pela Hyundai e a preparadora local Concord Customs.

O protótipo bem que poderia estar no SEMA. Afinal, ganhou visual invocado com a adoção da pintura cinza fosca e de diversos elementos em tom laranja - como as rodas de 18 polegadas, os defletores, a moldura dos faróis de neblina dianteiros, o logotipo e o acabamento nos bancos, portas e console central. Além disso, há um friso iluminado que contorna toda a parte inferior do carro e ponteira dupla de escapamento.

Detalhes em tom laranja estão espalhados por todo o interior

Mas as mudanças não se resumem ao estilo. O chassi do Veloster ganhou novas barras estabilizadoras, enquanto o motor turbo de 204 cv e 27 kgfm recebeu intercooler de alumínio e sistema de admissão forjado em aço inoxidável. Suspensão com novas molas e amortecedores, freios de alto desempenho e um novo filtro de ar, acompanhado de um escapamento mais esportivo, completam o pacote.

Áudio superpotente também tem iluminação vermelha e leds

E não é apenas o ronco do motor que vai ficar mais audível. O Veloster Street Concept foi equipado com um sistema de som de 8.650 totalmente integrado com subwoofers e amplificadores. Vai fazer pouco barulho, né?

Divulgar conteúdo